27.7.12

Democratização da Moda!



A cada nova estação vemos diversas tendências pipocando por aí... Algumas são amadas logo de cara, outras caem rapidamente no esquecimento e em toda nova estação surge aquela tendência que levanta muita polêmica e divide opiniões entre os que aderiram e aqueles que os julgam fashion victims (hello sneakers, neon, mix de estampas, gola fechada até o último botão entre tantas outras)!  Não gosto de criar rótulos, julgar e menos ainda dizer que nunca usarei isso ou faria aquilo. Até porque mudamos constantemente e nem sempre aquilo que gostamos um dia, gostaremos no dia seguinte. Se fosse assim, ninguém se separaria, todos gostariam do saborzinho do leite materno (eca!), as meninas que só gostavam de rosa quando pequenas seriam Barbie´s na vida adulta, miojo e nuggets seriam o melhor prato do mundo e por aí vai... 



Claro que não é porque uma nova tendência surge, que todos tem que aderir, tudo depende do estilo e do gosto de cada um, já deixei de aderir a diversas tendências por não gostar ou simplesmente por não se adequar ao meu estilo de vida. Quanto mais informação, maior é a democratização e isso é válido desde preconceitos em relação a cor, raça e sexo, até na moda. A moda nunca esteve tão democrática... Tem de tudo... Vamos usar o exemplo das saias... Saia lápis? Tá na moda! Mini Saia? Tá na moda! Saia longa? Tá na moda! Saia midi? Tá na moda... rs O que vale na hora de usar uma nova tendência, é não  usar tudo de uma vez só! Já vi por aí: mix de estampas com neon, blusa transparente com shorts minúsculo  somados a plataformas e maxi colar, saia mullet com sneaker... poxa vida, não tem nada mais delicado para combinar com uma saia fluída como a mullet do que um sneaker? Acredito que tudo que é exagerado envolve um grande risco. Sim, risco dos anos passarem, encontrarmos uma foto e pensarmos: "Onde raios estava a minha razão e o meu senso crítico quando eu saí de casa usando isso!" rs Que atire a primeira pedra quem nunca passou por isso! hahaha

 


Acredito que essa efervescência fashion que vemos hoje tem algumas razões e dentre elas está o crescimento da internet e dos blogs de moda, o amadurecimento (diga-se envelhecimento) daqueles que estavam lá nos anos 80 quando a moda era uma coisa muito louca (sim, me incluo nesse bolo), seguido pelos anos 90 que foram marcados pelo mais puro marasmo, a moda do tudo combinando (blazer e calça no maior estilo uniforme de secretária, sapato, cinto e bolsa (Jesuis amadinho... que horror ter que levar o sapato na loja para comprar a bolsa... rs) e de repente essas pessoas cresceram, a moda globalizou e já sabemos no verão a tendência do verão seguinte... Tem coisa mais louca do que essa? E aí é um jogo de quem sai na frente e "lança" aqui na tropicália a moda da vez. Por isso meninas, com tanta informação tenho ficado cada vez mais seletiva... Escolho os blogs que vou ler de acordo com o clima com que vivo, o estilo que eu tenho e o bolso que eu suporto pagar no final do mês. Cansei de blogs que só tem bolsas de 40.000 dilmas, vestidos de 20.000 dilmas, sneaker de 1400 dilmas e blogueiras que fogem da C&A e da Renner, mas se jogam na Forever 21... C´mon, tem coisa mais incoerente do que essa? Sim, tenho meus luxinhos e meus "investimentos" fashion, dentro da minha realidade e naquilo que vejo valor (peças clássicas, bolsa de couro - independente da marca, sapatinhos e relógios... coisas que para mim vão durar muitos anos...) o que é passageiro como as tendências que já citamos, não vou investir muito, quero mais é fast fashion, mesmo! 


Só o primeiro look de salva de um arrependimento futuro... rs 


Esse post é muito diferente do que costumo fazer e o que de fato me impulsionou a fazê-lo foi o post da Camis do Garotas Estúpidas no face fazendo  uma gongação com a Valeska Popozuda que estava vestida na trend leg de onça + sneaker + óculos baroque da Prada... Como blogueira, não gostei da postura julgadora... Achei que ela estava normal, com a trend que qualquer menina da idade dela usaria, porém como ela é funkeira e não fashionista, não pode? Pode sim! A moda tá aí e vai de cada um escolher o que quer usar e como quer se expressar! 
Como blogueira e consciente que tenho uma certa responsabilidade com os meus leitores resolvi fazer esse post sobre a democratização da moda e a minha sincera opinião sobre tudo que envolve essa quantidade imensa de tendências que vemos todos os dias. 
Hoje em dia você pode estar bem vestida tanto de C&A como de Channel, tudo vai depender das escolhas e da postura!
Pra quem teve paciência para ler até aqui, vale a pena pensar!

"Fia", fique tranquila que você "tá na moda"! rs

Adoraria saber a opinião de vocês sobre essa minha verborragia... rs
Ufa... Pronto, falei!

9 comentários:

  1. Concordo plenamente com vc, alias, parabéns pelo texto!
    No auge dos meus 36 anos hoje sou bem seletiva com que uso, não me importo com a marca e sim se ficou bem em mim, se combina com minha rotina e se realmente reflete quem sou.
    Parei com blogs de grife, não é minha realidade.
    Hoje mesmo comente na Gi Salmazi (adoro) sobre isso.

    Até +!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eli, que bom saber que tem mais pessoas que pensam como eu... Adorei o seu comentário!
      Realmente os blogs que só falam de grife nos fazem sonhar com aquilo que não precisamos, é igual revista com photoshop que vende um ideal que é muito longe do mundo real e das pessoas reais... rs Respeito quem gosta, mas para mim não tem espaço!
      Ótimo Fim de Semana! Bjokas

      Excluir
  2. Concordo tb! O que "está na moda" é ser vc mesma. Procurar peças com qualidade não necessariamente significa pagar horrores. A Valeska tem uma consultora de imagem particular (inclusive a moça que aparece logo atrás dela na foto)que justamente escolhe peças de "tendência" para ela. Não a conheço pessoalmente, por isso também concordo com sua indignação do julgamento. bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Corina, querida! Adorei ouvir o seu comentário... Não suporto falar mal das pessoas, fazer fofoca, julgar os outros, é longe do que procuro para mim como pessoa, por isso me incomodou tanto. Não perco meu tempo falando do que não gosto, alfinetando... Tem tanta coisa bacana que eu gosto e que tenho vontade de falar e de mostrar, por isso me incomodei com essa ditadura do certo e errado, afinal o que vale mesmo é sentir-se bem sendo quem a gente é, sem rótulos!!! Adorei saber que a moça ao lado é a consultora dela... Elas estão vestidas inclusive na mesma trend! Ótimo FDS!!!!! Bjokassss

      Excluir
  3. Taís, concordo pelanemanete com vocÊ. Hoje para estar na moda não é preciso investir em peças caras, mas sim dentro da realidade de cada um. Em relação ao look da valeska, também concordo contigo, pois pq ela é funkeira e não fashionista estão julgando o look da moça, que vejo muitas meninas desfilando assim por aí.

    www.boletimdamoda.blogspot.com.br

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente André, classe é questão de bom gosto e não de marca... E blogueiro algum é juiz para tirar onda de uma pessoa que está se vestindo exatamente como a própria blogueira se veste... Obrigada pelo carinho de sempre!!! Bjokassss e ótimo FDS, Taís

      Excluir
  4. Adorei seu texto, a sua reflexão, e sou mais uma que concorda com a sua opinião:) Nunca fui de "seguir moda", de usar o que todo mundo tá usando só porque "tá na moda", detesto isso. Meu blog é uma fonte de inspiração pra mim, costumo postar sobre roupas de grifes e afins, mas na vida real sou "bem basiquinha":) Adoro comprar na C&A (tem uma aqui pertinho de casa), H&M (também minha vizinha rs), Zara e Renner, quando estou no Brasil enfim, eu "danço conforme a música", e sou feliz assim:) Sobre o comentário da GE: eu estou tãããão cansada dessa falta de respeito na blogosfera, dessa "tchurma" que acha que sabe tudo e que fica dando pitaco na vida dos outros e nos blogs alheios, cansei disso! Cada um se veste da maneira que achar melhor, cada um faz o que quer da sua vida, cada um posta o que quer, não é mesmo? Eu particularmente não gosto desse tipo de calça e nem do tênis, jamais usaria esse look, mas se a Valeska tá se sentindo bem, ponto pra ela, que usa o que quer sem se importar com o que falam... tem mais é que ser assim mesmo:) Parabéns pelo post, Taís<3
    Beijos e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  5. Taís, adorei o texto e concordo com tudo, tb sigo o q fica bom em mim, não acho q tudo fica bacana, mais tenho consciência q infelizmente muitos julgam, e na verdade muita coisa muda, o q seria ridículo se pegássemos por exemplo, os posts antigos da própria Camila dos GE, afinal ela devia saber como ninguém o q é ir mudando de "valores" e "status" qdo a pessoa começa a ganhar dinheiro.
    Parabéns pelo desabafo.
    bjsss

    ResponderExcluir

Eu amo de coração quando vocês comentam!!! Obrigada!!! Bjossss!

Pin It button on image hover